Departamento de Educação

 

Departamento de Educação

Licenciaturas em Ensino

 

Licenciaturas em Ensino

Seminário de Educação

Aprendizagem em Contextos Escolares

Docente: Carolina Carvalho

Introdução

As problemáticas que se vivem na sala de aula são múltiplas e variadas. A aprendizagem é uma delas. Nesta disciplina procuram-se reunir ideias e conhecimentos da investigação e da teoria que ajudem o futuro professor a planear e a implementar formas mais poderosas de aprendizagem na sala de aula de matemática.

Objectivos

O objectivo geral desta disciplina é desenvolver no futuro professor de matemática a capacidade de intervenção em situação de aprendizagem em sala de aula e em contexto escolar alargado. Nomeadamente, através da reflexão sustentada e crítica sobre as práticas pedagógicas, com base nos conhecimentos apropriados na disciplina.

Temas

1. Significados para Aprendizagem

2. Teorias de Aprendizagem mais recentes

3. Consequências dos pontos anteriores para a sala de aula de Matemática

Metodologia

As sessões serão dinamizadas pela docente, pelos alunos e por professores convidados especialistas no tema a ser tratado nessa sessão.

Avaliação

A avaliação compreende uma parte colectiva (a) e uma parte individual (b):    

(a) Construção de um portfólio com material diverso e dinamização de sessões

(b) Participação nas aulas e reflexões individuais sobre o material do portfólio e os textos recomendados pela docente.

A parte colectiva vale 40% da nota e a parte individual 60%.

Bibliografia 

Bransford, J. ; Brown, A; Rodney, R. (2000). How People Learn: Brain, mind, experience and school. Washington (D.C.): National Academic Press.

Claes, M. (1985). Os problemas da adolescência. Lisboa: Verbo.

Coleman, J. C. (1987). Psicologia de la adolescencia. Madrid: Morata.

Coll, C.; Martín, E. Mauri, T. (2003). O construtivismo na sala de aula. São Paulo: Ática.

Estrela, T.; Villas‑Boas, M. A. (1993). Escola e Família. Lisboa: F.P.C.E.U.L.

Francis, B. & Skelton, C. (2001). Investigating gender: Contemporary perspectives in education. Buckingham: Open University Press

Gurian, M. (2001). Boys and Girls Learn Differently!. San Francisco: Jossey-Bass.

Lehalle, H. (1988). Psychologie des adolescents. Paris: PUF

Machado Pais, J. (2001). Ganchos, tachos e biscates. Lisboa: Ambar.

Machado Pais, J. (1993). Culturas Juvenis. Lisboa: Impresa Nacional Casa da Moeda.

Meirieu, P. (1987). Apprendre…oui, mais comment. Paris: ESF.

Neves, M. C. & Carvalho, C. (2003). A importância das emoções na aprendizagem da Matemática: Um estudo de caso múltiplo com alunos do 8º ano. In: Actas do XIV SIEM (pp. 413- 429). Lisboa: APM.

Perret-Clermont, A.N. (2004). Joining society: Social interaction and learning in adolescence and youth. Cambridge (U.K.): CambridgeUniversity Press.

Pinto, M.; Tedesco, J.; Machado Pais, J. & Relvas. A. (1999). As pessoas que moram nos alunos. Lisboa: Asa.

Sampaio, D. (1998). Vivemos livres numa prisão. Lisboa: Caminho.

Sampaio, D. (1993). Vozes e ruídos: Diálogos com adolescentes. Lisboa: Caminho.

Simons, R.; Linden, J. & Duffy, T. (2000). New learning. Dordrecht: Kluwer Academic Press.

Contacto  
 

Departamento de Educação - Faculdade de Ciências - Universidade de Lisboa
Campo Grande, C6, Piso 1, 1749-016 Lisboa
Telefone: 217 500 049/217 500 141 - Fax: 217 500 346. - e-mail: educacao@fc.ul.pt