Projecto de Tese

Voltar

Actualizado em 02-Setembro-2000

A primeira fase do trabalho da tese consiste na elaboração do respectivo projecto. Mais do que um texto definitivo, este projecto representa uma primeira abordagem ao estudo, que poderá mais tarde vir a ser sujeita às necessárias transformações. Trata-se de um documento indispensável para sistematizar as principais ideias da investigação antes do início dos trabalhos de campo. Este projecto poderá ter a estrutura que a seguir se indica.

1. Problema

1.1-Enunciado. Enunciado do problema do estudo. Este enunciado deve ser claro e conter todos os elementos caracterizadores do problema.
1.2-Questões. Desdobramento do problema em questões mais específicas ou, em alternativa, uma discussão de como se procurará responder ao problema.
1.3-Significado. Indicação das principais razões que tornam significativo o estudo deste problema.

2. Fundamentação/Revisão de Literatura

Indicação da literatura teórica e empírica em que o estudo se apoia.  Esta literatura deve ser organizada em secções e incluir uma listagem dos autores mais representativos a incluir na discussão de cada uma delas. Se o estudo envolver aspectos inovadores em termos de metodologias de investigação - relativamente à educação matemática portuguesa -, poderá incluir também uma secção sobre esse ponto.

3. Metodologia da Investigação

Indicações acerca da metodologia da investigação, com:

3.1-Opções fundamentais e design. Por exemplo, estudo de caso, observação participante, narrativas, etc... e principais razões das opções tomadas, com indicação do “contexto” em que decorrerão os trabalhos do estudo (contexto naturalístico ou não, papel do investigador)
3.2-Participantes. Indicação dos participantes no estudo, da sua forma de selecção, bem como da natureza do “contrato” a estabelecer com eles.
3.3-Recolha e anállise de dados. Técnicas fundamentais de recolha e análise de dados, com uma discussão das medidas pensadas para reforçar a credibilidade do estudo.

4. Trabalho de intervenção

Esta secção só será necessária no caso dos estudos que envolvem um trabalho de intervenção.

4.1-Objectivos.
4.2-Princípios fundamentais. Por exemplo, conteúdos de referência (da didáctica, outros temas), dinâmicas de grupo, ligação teoria-prática, promoção da reflexão,....
4.3-Formato. Por exemplo, duração do trabalho de intervenção, tipo de sessões,...
4.4-Aspectos práticos. Incluir, por exemplo: selecção dos participantes, a negociação inicial de objectivos e formas de trabalhar, a natureza das actividades (actividades práticas/actividades de discussão),
os papéis (dos formandos, do formador), a forma de avaliação (dos formandos, do programa)...

5. Antevisão da estrutura final da tese

Primeiro esboço do que poderá ser um índice dos diferentes capítulos e subcapítulos que compõem a tese. Ter uma ideia do produto final que se pretende obter é um importante apoio para o desenvolvimento do trabalho.

6. Calendarização das diferentes fases da investigação

Esta secção passará mais tarde a intergrar o capítulo da metodologia da tese.

7. Bibliografia

As referências bibliográficas (em estilo APA!), tão completas quanto possível, podem ser indicadas por secção da revisão da literatura.