Curiosidades

 

        ØSabias que:

 

     Os habitantes da selva da África do Sul não possuem outras palavras numéricas além de um, dois e muitos, e ainda essas palavras estão desvinculadas que se pode duvidar que os indígenas lhes atribuam um sentido bem claro.

     Realmente não há razões para crer que os nossos remotos antepassados estivessem mais bem equipados, já que todas as linguagens apresentam traços destas antigas limitações.

 

 

        ØSabias que:

 

     Nem sempre o símbolo de igualdade foram os traços paralelos a que tanto estamos acostumados? Pois é, François Viète, no século XVI, foi o primeiro a usar a palavra aequalis, e mais tarde o sinal ~, para denotar a igualdade. Mas, foi Robert Recorde (1755), que inventou o sinal = pois achava que as linhas paralelas eram objectos muito semelhantes e poderiam denotar a igualdade.

 

 

        ØSabias que:

 

     Apesar de nos nossos dias o algarismo zero ser indispensável, ele nem sempre existiu. De facto, o sistema de numeração egípcio não tinha e nem necessitava do zero. De facto, os primeiros a usar um símbolo para o zero foram os sistemas de numeração maia e hindu que usavam esse símbolo com valor posicional e para representar o número zero.

 

 

        ØSabias que:

       

     Reagrupando os dígitos de qualquer número inteiro da maneira que quiseres, a diferença entre o primeiro número e o novo número, será sempre divisível por 9.

        Exemplo:  12563       23651      11088    dividido por 9 = 1232

 

 

        ØSabias que:

     Pitágoras fundou uma escola onde, em conclaves secretos, ensinava que os Números possuíam poderes maravilhosos.

     "Os números de Pitágoras eram símbolos  hieroglíficos, por meio dos quais ele explicava todas as ideias referentes à natureza das coisas"  Porfírio

 

 

        ØSabias que:

     Algumas componentes do sistema numérico romano nem sempre se mantiveram iguais ao longo dos tempos?

     De facto, os Romanos não utilizavam a notação IV para representar o algarismo 4 e sim a notação IIII. Isto porque, o nome do seu deus supremo, Júpiter escrevia-se, na sua língua, IVPITER e eles consideravam que o podiam ofender com a utilização, para um mero algarismo, as duas primeiras letras do seu nome.

                                                                

 

 

      ØSabias que:

 

    Na antiga Índia, em língua sânscrita, certas palavras eram usadas como equivalentes dos números inferiores. No caso do Um, eles diziam Lua ou Terra; para o Dois, usavam palavras que faziam lembrar coisas pares, como olho, asa, braço; para o Três, usavam Rama, fogo ou guna, pois conheciam três Ramas, três tipos de fogo e três guna ou qualidades; para o Quatro usavam idade ou oceano; para o Seis, usavam Estações; para o Sete, usavam sábio ou vogal; no caso do Doze referiam-se ao Sol ou Zodíaco; e, para o Vinte, usavam a palavra unhas, querendo referir-se às mãos e aos pés. Edward B. Taylor

 

 

        ØSabias que:

 

   Os numerais chineses mais antigos, de que se tem conhecimento, encontram-se inscritos nos chamados ossos do oráculo de Shang. Estes foram encontrados no fim do século XIX por agricultores que trabalhavam nos seus campos, perto de Anyang e não são mais do que conchas de tartaruga e ossos de animais que terão sido gravados entre 1500 e 1200 a.C., durante a dinastia Shang.

 

Topo..