wpe72.jpg (2967 bytes)

 

cubo-bola.gif (17495 bytes)

    É, de entre todos os poliedros, talvez o mais conhecido, dado existirem muitos objectos de uso corrente de forma cúbica, como por exemplo um dado.

    O cubo é um poliedro regular pois as suas faces são geometricamente iguais.

 

    O cubo tem os seguintes elementos:

fig_1.gif (16102 bytes)

 

    Para construir um cubo basta conhecer a medida de uma aresta.

 

    Chama-se diagonal do cubo, D, ao segmento de recta que une dois vértices não pertencentes à mesma face.

1.gif (5604 bytes)

    A diagonal D do cubo é a hipotenusa do triângulo rectângulo de catetos a e d: D2 = d2 + a2. Mas d é a hipotenusa do triângulo rectângulo de catetos iguais a a, sendo a a medida da aresta do cubo, logo, d2 = a2 + a2, ou seja, d2 = 2a2. Então, D2 = 2a2 + a2 = 3a2, donde temos que o comprimento da diagonal do cubo é dada por D = .

 

    A área da superfície do cubo pode calcular-se facilmente atendendo ao facto das suas faces serem 6 quadrados iguais.

6.gif (4586 bytes)

    Sendo a o comprimento da aresta do cubo, a área de cada face será a2, e portanto, temos:

 

     A área lateral do cubo é a soma das áreas das faces laterais, sendo dada por:

 

Al = 4a2 , onde: Al - área lateral

                           

     A área total do cubo é a soma da área lateral com a área das duas bases, ou seja:

 

At = Al + 2Ab = 4a2 + 2a2 = 6a2, onde: At - área total

                                                                  Al = 4a2 - área lateral

                                                                      Ab = a2 - área da base

 

    O volume do cubo é dado pelo cubo (terceira potência) do comprimento da aresta. Assim, sendo a o comprimento da aresta do cubo, o seu volume é

V=a3.

Algumas planificações:

plan_cubo.gif (23633 bytes)

 

 

BOTAOVOLTAR.GIF (904 bytes)

Voltar a POLIEDROS